Artigos

Engajamento & Sonho

Sabe quando pinta uma grande paixão dentro de você, aquela que  te faz acordar e sair pra vivenciar seu dia com a maior animação, mas ao mesmo tempo, também te dá um frio na barriga, pois essa paixão ou “criação”  parece ser muito maior que você? Já se sentiu assim? Não sabemos se rimos ou choramos. Se calamos ou gritamos. Se abraçamos o mundo ou corremos pra debaixo dos lençóis. Tamanha é a contradição interna das vozes que dizem “vá em frente” e a outra que diz “quem se interessará por isso?”

O “VÁ EM FRENTE” É MAIS ALTO E VOCÊ SEGUE.

Acredito que cada uma de nós, já deve ter experimentado ou pode estar  experimentando aí no seu canto, a ambiguidade de sentimentos. Em todo processo de criação essas vozes estão mais que presentes. Mas hoje, conhecendo pessoalmente, Jussara Gusmão, 55, empreendedora brasileira, residente em Nyon, que generosamente abriu sua “Casa” (sua empresa),  mais ainda nos vêm a certeza que estamos no caminho certo do compartilhar histórias e experiências.

O “mineirês” do pão de queijo brasileiro fundindo-se com a tradição secular do queijo Gruyere suíço – Bulle D´Or. Essa é a marca criada por Jussara  e seu marido Alexandre há 1 ano e meio. Mas o que mais chamou nossa atenção, não foi a estratégia do plano de negócio em si, mas a paixão e vulnerabilidade de se expor e dizer: “teve momentos que tive momentos de desistir”. Aliás expor a  vulnerabilidade é uma característica comum somente daquelas que tem que têm muito “peito”, ops, muita coragem!. “Sim, tive dúvidas e segui apesar delas”, nos conta Jussara.  Hoje sua empresa é alvo de matérias na mídia suíça e brasileira. E diferentemente dos tempos que fazia os pães de queijo em sua cozinha, atualmente possui um investidor que engajado com o negócio, alarga ainda mais os sonhos desses empreendedores.

BIFURCAÇÃO: MOMENTOS CRUCIAIS NA TRAJETÓRIA, IR OU IR! 

Enquanto ouvíamos o percurso daquela empreendedora, viajava  em pensamentos com meus próprios sonhos. Dar vida à comunidade Oxitocinas; uma plataforma que seja um ponto de encontro para mulheres que estejam escrevendo novas histórias, reinventando-se, seja em terras estrangeiras como nós ali, ou em nosso país- Brasil-, que mais do que nunca clama por pessoas realizadoras e do bem.  Assim como aquela mulher de sorriso largo e mineirês gostoso de ouvir, estávamos várias de nós, identificando-nos com a bifurcação de vida que ela citava:

Equipe OXITOCINAS visitando a fábrica Bulle D´Or em Nyon – Suíça. Conhecendo o Engajamento & Sonho da empreendedora Jussara Gusmão

“o negócio…o  sonho ia  crescendo e explodindo em nosso peito; com um  pé lá na frente (nas possibilidades) e outro aqui ( na realidade cartesiana) e em determinado momento,  não tinha como voltar atrás. Importação de 3 toneladas de polvilho, montagens de pallets que também não conhecia direito como fazer.” Expôs com humildade o que não sabia, aprendeu o que dava e delegou o que não era realmente sua praia ( documentação formal, burocracia etc),  focando no que amava desde sempre, herdado de sua avó : a cozinha.

Assim somos nós, num segundo momento OXITOCINAS. Testando e esclarecendo nossas certezas e descobrindo um processo claro, objetivo e caloroso em unir  diversidade de histórias em lições para mulheres que se reinventam de todas as áreas. Estamos também definindo ações práticas e buscando patrocinadores e colaboradores para fortalecer a comunidade brasileira e portuguesa não somente presente aqui na Suíça, mas todos nós  que acreditamos que podemos fazer uma diferença positiva nesse mundão, que tanto precisa.

Obrigada Jussara, por nos lembrar  que o engajar em nossos sonhos é o único caminho possível para a vida.

Ps: No 3º parágrafo as observações em parênteses – nas possibilidades e na realidade cartesiana – são “pitacos” meus  e não de Jussara:)

Ps2: Escreva, comente, deixe sua opinião…assim sinto que também não estamos sozinhas e o que escrevemos e compartilhamos faz sentido para você! Ou se não fizer, escreve também!

 

 

 

 

Previous
Next

2 respostas em Engajamento & Sonho

  1. Natascha Thieme says:

    Queria mais uma vez agradecer a Geisa Mourão e Jussara Gusmão pela oportunidade. Oportunidade de conhecer, compartilhar histórias e experiências. A visita à fábrica de pão de queijo Bulle d’Or foi sensacional: acredito que todas nós saímos de lá não só com sacolinhas de pão de queijo para assar em casa, como também com muita alegria e entusiasmo. Jussara uma mulher encantadora, sorridente e motivação contagiante. Eu poderia ter ficado lá não só a parte da manhã, mas toda a tarde…. Foi um imenso prazer ter participado deste grupo. Gratidão a todas.

    Responder
    • Geisa Mourão says:

      Natasha, obrigada por escrever! Sim, também adorei nossa troca! A gente se enche de energia pra correr atrás de nossos próprios sonhos quando presenciamos uma história inspiradora como a da Jussara- empreendendo longe de nossas raízes e dando mais que certo! Beijão grande pra você e que nós todas possamos ter sempre a coragem de construir o que clama por ser construído!!!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *